Orientações de Hipertrigliceridemia

Preferir:

  • Alimentação com poucas calorias, diminuir carboidratos refinados, quantidades normais a pouca proteína e diminuir a ingestão de gorduras principalmente as saturadas;
  • Cereais integrais: farelo de trigo, arroz integral, pão integral;
  • Peixes ricos em ômega 3: cavala, salmão, atum, truta, sardinha;
  • Folhosos verde-escuros: espinafre, couve, bertalha, agrião, salsa, escarola, chicória;
  • Carne bovina magra (coxão-duro ou patinho), frango sem pele;
  • Leguminosas: feijão preto, mulatinho, lentilha, grão de bico, fradinho;
  • Óleos vegetais de soja, canola e azeite de oliva extra virgem;
  • Adoçantes em substituição ao açúcar branco, mascavo, mel, melado, glicose de milho;
  • 2 colheres de sopa de semente de linhaça dourada/dia;
  • Fracionar as refeições em 5 a 6 refeições diárias;
  • Alternar as marcas de adoçantes.

 

Evitar:

  • Refeições concentradas em carboidratos e gorduras;
  • Alimentos á base de farinha de trigo (pães, bolos e biscoitos industrializados);
  • Mais que uma unidade de pão francês ou 2 fatias de pão de fôrma integral por refeição;
  • Doces (balas, açúcar branco, açúcar mascavo, geléia, gelatina, doces, em pasta, frutas em calda, bolos recheados, tortas, melado, mel, glicose de milho, chocolate);
  • Bebidas alcoólicas: cerveja, vinho, uísque, champanhe, licor;
  • Preparações gordurosas: frituras, massas com molhos cremosos, estrogonofe, empadões, tortas salgadas, pizzas.

Parcerias com empresas da região em consultas e exames